FOTOS

Bullying,
um problema que tem remédio!



A POIE Deyse Sobrino, iniciou em 2009 na EMEF José Bonifácio, um projeto que ensina aos alunos valores morais, éticos, raciais, religiosos. A idéia surgiu através das inúmeras ocorrências de agressões verbais e físicas praticadas na escola. A inicio foi realizado um trabalho de conscientização, com um projeto batizado como o DIA D, onde foram expostos trabalhos de pesquisa de quem já sofreu e praticou o bullying, um vídeo realizado pelos alunos do projeto A Katraca, além de palestras com a participação dos pais que souberam mais sobre o tema.

O projeto de extrema importância para o esclarecimento do que é Bullying, despertou nos alunos o interesse pela cidadania e respeito pelo próximo. O trabalho deu tão certo que, foi a partir dessa conscientização, a aluna Yasmin, 10 anos, disse para Profª Deyse que  “Queria  mudar o mundo”. Surpresa com a declaração, a Professora pensou “Um mundo melhor, qual o remédio”. Foi assim que surgiu o SITOCOL, remédio desenvolvido exclusivamente para curar pessoas acostumadas a pratica de agressões verbais e físicas.

O Sitocol foi criado para conscientizar a todos sobre os problemas que o bullying pode acarretar na vida de quem sofre. Respeitando todos os detalhes e critérios de um remédio convencional, sua caixinha foi elaborada com todas as informações que um paciente precisa ter: Quem pode utilizar; Contra-indicações; Como e quando utilizar e até a Super dosagem. O nome foi escolhido pelos alunos, que tiveram participação na criação da bula e montagem do Sitocol.

Depois do projeto as ocorrências na escola diminuíram, para a Professora Deyse,  não adianta palestra, aula, senão existir um desejo interior, uma consciência e vontade mudar por parte dos alunos. Essa foi à forma que a escola encontrou, através de uma linguagem simples, conscientizar pais e alunos da importância de combater um problema considerado mundial, dentro do ambiente em que vivemos.


 

Voltar